5 dicas para iniciar na carreira Agile, segundo especialista

Convidamos o Leandro Serain, Agile Coach da Mooven Consulting e profissional com anos de experiência, para dar dicas que podem ajudar agilistas em início de carreira. Se este é o seu caso, esse texto é para você. Boa leitura!

A Agilidade está ganhando cada dia mais espaço dentro das organizações. Aquilo que se iniciou como um movimento dentro de times de tecnologia hoje já se expandem para áreas como marketing, RH, jurídico, operações e diversas outras.

Com a expansão da agilidade dentro das corporações é essencial que todos os membros estejam capacitados para trabalhar em um ambiente ágil e até mesmo apoiar na mudança cultural que ocorre durante uma transformação ágil.

Dependendo da sua atividade dentro da equipe habilidades diferentes precisam ser desenvolvidas, por exemplo, caso você seja uma figura de liderança na sua equipe é muito importante adaptar o estilo de liderança para um líder servidor com habilidades de facilitação, coaching e gerenciamento de problemas. Caso você trabalhe com tecnologia, conceitos de DevSecOps, XP e outra práticas de desenvolvimento ágil podem ser muito úteis.

Independentemente da sua atribuição na equipe, vou deixar aqui 5 dicas para você começar sua carreira como agilista!

1. Explore Valores e Princípios Ágeis

Entender os Valores e Princípios Ágeis é de extrema importância para se familiarizar com a mudança cultural que uma transformação ágil prepõe, ao explorar isso você vai entender quais são os motivadores de um ambiente ágil.

E um ótimo exercício aqui é refletir como que você pode adaptar sua rotina para ela reflita os valores e princípios, a final de contas, devemos vê-los em todos os níveis organizacionais.

2. Seja curioso sobre métodos, metodologias e frameworks

Temos disponíveis no mercado diversos métodos, metodologias e frameworks ágeis prontos para serem utilizados, para você que quer começar na carreira ágil é importante ter uma noção básica deles, assim não importa como será a prática aplicada você estará minimamente familiarizado.

Além desse benefício, você poderá ver de forma mais tangível os valores e princípios serem aplicados na prática!

Dentre todos os frameworks eu recomendo buscar pelos seguintes: Scrum, Kanban, Lean, SAFe e Design Thinking.

Você pode se interessar por: Ferramentas de Agile: As 5 Melhores

3. Saiba trabalhar em equipe

A colaboração entre os indivíduos é muito importante para nós, dessa forma em um ambiente ágil, saber trabalhar em equipe é essencial!

Aqui além de saber se comunicar com clareza, de forma respeitosa e focando no crescimento do time, temos também que desenvolver uma mentalidade que o real valor desenvolvido é baseado em um trabalho entregue em conjunto, partes separadas tendem a não ter tanto valor agregado.

4. Aprenda a lidar com erros

Um ambiente ágil é um ambiente de muita aprendizagem e aqui, em específico, não estou falando do desenvolvimento profissional, mas sim o aprendizado de mercado, dos clientes, do produto e outros.

Os métodos ágeis são formatados para que erremos o mais cedo possível para adaptarmos o quanto antes e reduzir o risco dos nossos entregáveis. Para que esse ambiente não se torne estressante de mais precisamos aprender a lidar com o erro.

Em ambientes ágeis o erro é um catalisador de aprendizado e melhoria contínua e não um gatilho para punição.

5. Coloque o seu cliente em primeiro lugar

Para nós, o cliente deve estar no centro dessa discussão!

Em times ágeis toda a conversa deve ser pautada em valor para o usuário e valor para o negócio, e mesmo que você não seja a pessoa diretamente responsável por isso, é importante que sua mentalidade esteja alinhada com esse ponto.

Pense no seu dia a dia e veja se tudo que você está fazendo traz valor ou para o negócio ou para o cliente, o que não estiver alinhado a isso vale a pena repensar em como transformar essa atividade em algo que traga valor.

Ao desenvolver esses 5 pontos apresentados você estará em um ótimo caminho em direção a jornada de agilista!